Prefeitura Municipal de Macaé

Remanejamento para troca de escola começa na segunda

2017-11-30 11:47:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
uma mãe com um carrinho de bebê passando pela faixa de pedestre em frente a uma escola pública
Foto: João Barreto
Oportunidade é voltada para alunos já matriculados nas escolas municipais

Pais e responsáveis dos estudantes da rede municipal que desejam transferência de escola devem solicitar o remanejamento entre segunda e sexta-feira da próxima semana (dias 04 a 08 de dezembro). A oportunidade é voltada para alunos já matriculados nas escolas municipais e que, por algum motivo, necessitam realizar troca entre as unidades escolares para o próximo ano letivo.

Para solicitar o remanejamento, o responsável deve comparecer na própria escola em que os alunos estudam. Na unidade, será entregue um formulário específico em que o responsável deve indicar a unidade escolar desejada e apresentar a justificativa da solicitação do remanejamento.

O formulário preenchido será encaminhado pela escola municipal para a Secretaria Municipal Adjunta de Educação Básica para análise da solicitação e possível atendimento, de acordo com a disponibilidade de vagas nas unidades escolares.

Para atendimento dos alunos, o critério da Secretaria de Educação será prioritariamente, a proximidade da residência. Caso não haja vaga na unidade escolar solicitada, o aluno permanecerá na escola de origem.

O resultado do remanejamento será divulgado na escola de origem do aluno a partir do dia 10 de janeiro. A matrícula será entre os dias 15 a 19 de janeiro na escola municipal de destino. Para efetivação da matrícula deverão ser apresentados os seguintes documentos; original e cópia da certidão de nascimento, certidão de casamento ou documento oficial que a substitua, foto 3x4, original e cópia da carteira de identidade, para aluno maior de idade, original de protocolo de transferência para continuidade de estudos em 2018.

Também devem ser fornecidos comprovante de residência (recibo de conta de luz, água ou outra correspondência), cartão do programa Bolsa Família, se for beneficiário, cartão do SUS e laudo clínico, em se tratando de aluno que necessite de atendimento educacional especializado. O município atende à determinação legal, cuja previsão é que todas as crianças com quatro anos de idade devem estar matriculadas nas escolas.

Busca

Acesso Rápido

Destaque